Prevalencia y motivos para la exención de las clases de Educación Física en la Escuela Media

Resumen

El presente estudio tuvo como objetivo analizar la prevalencia y los motivos relacionados con la exención de las clases de Educación Física en el bachillerato en el sistema escolar público de la ciudad de Morro Redondo-RS. Se caracterizó por ser descriptivo, de carácter exploratorio, haciendo aportes tanto desde enfoques cuantitativos como cualitativos. Todos los sujetos exceptuados, un total de dieciséis, de ambos sexos, participaron en el estudio respondiendo un cuestionario. Los resultados obtenidos permiten inferir que las solicitudes de exención de las clases de Educación Física se dan en su mayoría por motivos relacionados con lo laboral.

Palabras clave: Educación Física, Escuela, Escuela Media

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Referencias

Brandolin, F., Koslinski, M.C., e Soares, A.J. (2015). A percepção dos alunos sobre a educação física no ensino médio. Revista de Educação Física, 26(4), 601-610. https://doi.org/10.4025/reveducfis.v26i4.29836

Brasil (2000). Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Médio. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Média e Tecnológica. http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/BasesLegais.pdf

Brasil (2019). Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação. http://basenacionalcomum.mec.gov.br/

Da Silva, A.C., Rodrigues, G.M., e Dos Santos Freire, E. (2017). Educação Física no ensino médio: as percepções dos estudantes sobre as aulas. Pensar a Prática, 20(4). https://doi.org/10.5216/rpp.v20i4.43820

Darido, S.C., Galvão, Z., Ferreira, L.A., e Fiorin, G. (1999). Educação Física no ensino médio: reflexões e ações. Motriz: Revista de Educação Física, Rio Claro, 5(2), 138-145. https://doi.org/10.5016/8728

Feitosa, W., Tassitano, R.M., e Tenório, M.C.M. (2011). Aulas de educação física no ensino médio da rede pública estadual de Caruaru: componente curricular obrigatório ou facultativo? Revista da Educação Física/UEM, Maringá, 22(1), 97-109. https://doi.org/10.4025/reveducfis.v22i1.9580

Galvão, Z. (1993). Educação Física escolar. Razões das dispensas e visão dos alunos por ela contemplados [Monografia. Especialização, Faculdade de Educação Física. UNICAMP]. http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?view=000348397

Gambini, W.J.J. (1995). Motivos da desistência em aulas de Educação Física no segundo grau [Monografia. Graduação, Instituto de Biociências, Departamento de Educação Física. UNESP, Rio Claro].

Krawczyk, N. (2009). O ensino médio no Brasil. Ação Educativa.

Montiel, F.C., Afonso, M. da R., Santos, L.L. dos, Silva, P. da R.L. (2019). Ética, autonomia e pensamento crítico nas aulas de Educação Física no ensino médio. Motrivivência, 31(58), 01-21. https://doi.org/10.5007/2175-8042.2021e79503

Nardon, T.A., e Darido, S.C. (2017). Ensino Médio: o afastamento das aulas de Educação Física. In: S.C. Darido (Org.). Educação Física no Ensino Médio: diagnóstico, princípios e práticas. Ed. Unijui.

Novais, N.R.S., e Avila, M.A. (2015). Análise dos recursos físicos e materiais às aulas de Educação Física em escolas públicas estaduais em Ilhéus, Bahia. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, 14(2), 32-42. http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/6460

Panda, M.J., e Luz, M.T. (2011). Dispensa dos alunos das aulas de Educação Física do ensino médio nas escolas de Cruz Alta/RS. In: Anais do XV Seminário Interinstitucional de ensino, pesquisa e extensão.

Polis, L.B., e Porto, E.R. (2010). Educação Física no Ensino Médio e a prática pedagógica: apontamentos teóricos. Pulsar, 2(1).

Raupp, R.S.A. (2012). (DES)motivação em alunos nas aulas de Educação Física do ensino médio da rede estadual de Torres/RS. [Monografia. Graduação em Educação Física. UNESC, Santa Catarina]. http://repositorio.unesc.net/handle/1/110

Rodrigues, PCS, Oliveira, FCM, Silva, AH, Castro, HO, Paiva, TNS, e Gomes, ERZ

(2010). Evasão na aula de Educação Física do Ensino Médio Noturno de uma escola municipal de Belo Horizonte. Lecturas: Educación Física y Deportes, Revista Digital, 15(145). https://www.efdeportes.com/efd145/evasao-na-aula-de-educacao-fisica-do-ensino-medio.htm

Silva, F.C. de S., Silva, A.L.F. da; Paula, A.S. do N. (2016). Caracterização dos estudantes de ensino médio quanto à não participação das aulas de educação física escolar em escolas do município de médio porte no interior do Ceará. Conexões, 14(1), 35-52. https://doi.org/10.20396/conex.v18i0.8655629

Sousa, A. de J.D., Moraes, F.F. de, Eda, D.M.C. e Silva, L.O. da (2019). Limitações e formação docente para abordar a temática circense nas aulas de educação física. Caderno de Educação Física e Esporte, 17(1), 129-137. https://doi.org/10.36453/2318-5104.2019.v17.n1.p129

Souza Neto. S.A. (1992). Educação Física na escola. Ação Docente no Ensino de 1 ° e 2° graus [Dissertação. Mestrado em Educação. Universidade Federal de São Carlos, São Carlos]. https://bv.fapesp.br/pt/pesquisador/88648/samuel-de-souza-neto/

Thomas, J. R., e Nelson, J. K. (2002). Métodos de pesquisa em atividades físicas (3ª ed.). Artmed Editora.

Zonta, A.F., Betti, M., e Liz, L.C. (2000). Dispensa das aulas de educação física: os motivos de alunas do ensino médio. In: Anais do 8º Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa. Facultade de Motricidade Humana, Universidade Técnica de Lisboa. http://cev.org.br/eventos/8-congresso-educacao-fisica-ciencias-desporto

Publicado
2021-05-08
Cómo citar
Häfele, M. S., & Tavares, F. J. P. (2021). Prevalencia y motivos para la exención de las clases de Educación Física en la Escuela Media. Lecturas: Educación Física Y Deportes, 26(276), 36-51. https://doi.org/10.46642/efd.v26i276.2086
Sección
Artículos de Investigación