efdeportes.com

Motivos que levam adolescentes a praticar o futebol
Maria Cristina Chimelo Paim

http://www.efdeportes.com/ Revista Digital - Buenos Aires - Año 7 - N° 43 - Diciembre de 2001

2 / 2


    Com base nesses dados, pode-se inferir que os adolescentes do sexo masculino nas duas faixas etárias apontaram como fator motivacional dominante a competência desportiva (80,0 e 79,3%), respectivamente para o grupo de 12-14 e 15-17 anos. Sendo apontada a categoria saúde (75 e 69.2 %) em segundo lugar com grande diferença em relação à primeira. Já as adolescentes nas duas faixas etárias supervalorizaram a categoria saúde (76,7 e 85,0 %), respectivamente para o grupo de 12-14 e 15-17 anos. Em segundo lugar, apontaram a categoria amizade/lazer (74.0 e 80.0), ficando a competência desportiva em menor preferência.

    Estudo realizado por Berleze (1998), com crianças de 8-10 anos, em relação à preferência dos motivos para a prática de atividades motoras na escola, para o sexo feminino os motivos mais citados foram de ordem interna, relacionados ao ego, onde o divertimento e a distração parecem ser os motivos mais relevantes para este grupo, e para o sexo masculino foram de ordem interna, relacionados com a tarefa, onde o prazer pela realização do movimento, o gosto pelo esporte e a aprendizagem de movimentos novos foram os motivos mais relevantes, estes achados corroboram com os encontrados no presente estudo.

    Possivelmente se possa inferir que, em relação ao gênero masculino e feminino, os aspectos culturais possam explicar as diferenças encontradas. Estudos realizados por Gaya & Torres (1996), sobre hábitos de vida nessas populações têm demonstrado que os estímulos para as práticas desportivas, tanto de pais como de professores, são menores para as meninas; o próprio comportamento dos pais em relação aos filhos homens e mulheres no que tange ao rendimento desportivo são claramente diferenciados.


Motivos que levam adolescentes ambos os sexos, na faixa etária de 12-17 anos a praticar o futebol, em relação ao contexto social onde praticam

Tabela 3: Percentil do grau de importância dos motivos que levam adolescentes ambos os sexos,
na faixa etária de 12-17 anos a praticar o futebol, em relação ao contexto social onde praticam.

CLUBE
CATEGORIAS
 
COMP. DESP.
SAÚDE
AMIZ./LAZER
UFSM
87.0.%
79.4%
67.5%
DORES
74.2%
77.8%
79.%

    Observa-se na Tabela 3 que os motivos estão relacionados diretamente com a história de vida dos adolescentes. Em relação aos que praticam na UFSM pode-se observar que a competência desportiva apresenta maior incidência, o que pode ser explicado em parte pela condição social, já que a maioria não tem outras oportunidades de demonstrar suas habilidades para pertencerem a outros grupos.

    Pode-se observar ainda que os adolescentes praticantes na UFSM apresentam relevante incidência na categoria saúde dando menor importância aos fatores relacionados a categoria amizade/lazer.

    Segundo Machado (1997), o esporte valoriza socialmente o homem, proporciona uma melhoria de auto-imagem, e a aprendizagem de uma modalidade esportiva constitui uma das mais significantes experiências que o ser humano pode viver com seu próprio corpo, a experiência vivida assume particularidades que determinam seu êxito resultante na medida em que vencidas as dificuldades, sendo essas criadas pelo próprio corpo e também pelas exigências do projeto assumido pelo indivíduo. Desta maneira, pode-se inferir que os adolescentes praticantes de futebol na UFSM buscam através de sua competência desportiva, uma melhoria de sua auto-imagem e melhores oportunidades de vida através do esporte.

    Em relação aos praticantes do Clube Dores, observa-se que a categoria amizade e lazer apresenta pequena vantagem em relação à categoria saúde e competência desportiva. Pode-se inferir que o fato desses fatores motivacionais praticamente eqivalerem na preferência dos adolescentes deve-se às características do local da prática, pois se trata de um clube de entretenimento e lazer onde há mais oportunidades para esses adolescentes. O fato deles pertencerem a um clube já os diferencia dos praticantes na UFSM que não estão filiados a um grupo com características socio-recreativas.


Conclusões

    Este estudo teve como objetivo verificar quais os motivos que levam adolescentes ambos os sexos, na faixa etária de 12-17 anos a praticar o futebol. Com base nos resultados encontrados neste estudo, pode-se concluir que: Os motivos que levaram os adolescentes de 12-17 anos, à prática do futebol estão mais relacionados à competência desportiva e saúde. Mesmo assim, deve-se levar em conta os aspectos relacionados à amizade e lazer.

    Pode-se concluir também que os motivos que influenciam na prática desportiva em relação à idade e sexo, que os adolescentes do sexo masculino nas duas faixas etárias apontaram como fator motivacional dominante a competência desportiva, respectivamente para o grupo de 12-14 e 15-17 anos. Sendo apontada a categoria saúde em segundo lugar, com grande diferença em relação à primeira, ficando a categoria amiz/lazer em menor preferência. Já as adolescentes nas duas faixas etárias supervalorizaram a categoria saúde, respectivamente para o grupo de 12-14 e 15-17 anos. Em segundo lugar, apontaram a categoria amizade/lazer, ficando a competência desportiva em menor preferência.

    E mais, quando compara-se os Clubes onde os adolescente praticam o futebol, conclui-se que os que praticam na UFSM apresentam maior incidência na categoria competência desportiva. Já os praticantes no Clube Dores apresentam maior incidência na categoria de amizade/lazer.


Referências bibliográficas

  • BECKER JR. B. El efecto de tecnicas de imaginacion sobre patrones e lectroencefalograficos, frecuencia cardiaca y en el rendimento de praticantess de baloncesto com puntuaciones altas y bajas en el tiro libre. Tesis doctoral. Facultad de Psicologia, universidad de Barcelona, Barcelona, 1996.

  • BERLEZE, A. Motivos que levam crianças para a prática de atividades motoras na escola. Monografia de Especialização. UFSM, 1998.

  • BRAGHIROLLI, E. M.; BISI, G. P.; RIZZON, L. A. et. al. Psicologia Geral. Porto Alegre: Vozes, 21 e. d., 2001.

  • CRATTY, B. J. Psicologia no esporte. Rio de Janeiro: Prentice Hall do Brasil Ltda, 1983.

  • DAVIDOFF, L. Introdução à Psicologia. São paulo: Mc Graw-Hill, 1983.

  • FIORESE, L. V. A relação entre a percepção de competência de atletas adolescentes e seus motivos para a prática esportiva. Dissertação de Mestrado. UFSM, 1993.

  • GAYA, A & CARDOSO, M. Os fatores motivacionais para a prática desportiva e suas relações com o sexo, idade e níveis de desempenho desportivo. Revista Perfil. Porto alegre: Editora da UFRGS. Ano 2, N. 2, p. 40-52, 1998.

  • GAYA, A ,et TORRES. C. L. Estilo de vida e hábitos desportivos em alunos de escolas públicas de Porto Alegre. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. V17, n. 1, p. 61-71, 1996.

  • LAWTHER, J. D. Psicologia Desportiva. Rio de Janeiro: Fórum, 1973.

  • MACHADO, A. A. Psicologia do Esporte-Temas emergentes. Jundiaí: Ápice, 1997.

  • MURRAY, E. J. Motivação e Emoção. Rio de janeiro: Zahar Editores, 1978.

  • PAIM, M.C.C. Fatores motivacionais e desempenho no futebol.Revista da Educação Física de Maringá ( no prelo), novembro, 2001.

  • SAWREY, J. M. & TELFORD, C. W. Psicologia Educacional. Rio de Janeiro: Livro Técnico e Científico, 1976.

  • SCALON, R..M. , BECKER JR. ,B. & BRAUNER, M.R.G. Fatores motivacionais que influem na aderência dos programas de iniciação desportiva pela criança. Revista Perfil. Porto Alegre: Editora da UFRGS. Ano 3, N. 3, p. 51-61, 1999.


Anexo


Inventário de motivação para a prática desportiva

NOME:....................................................................IDADE:.........................................................
DATA DE NASCIMENTO:......./........./...............CLUBE:..........................................................
MODALIDADE:...................................................ESCOLA:.......................................................

MOTIVOS
N I
P I
M I
01. Para vencer....................................................................
 
 
 
02. Para exercitar-se...........................................................
 
 
 
03. Para brincar...................................................................
 
 
 
04. Para ser o (a) melhor no esporte..................................
 
 
 
05. Para manter a saúde.....................................................
 
 
 
06. Porque eu gosto............................................................
 
 
 
07. Para encontrar os amigos..............................................
 
. ,,,.. ,,,ATheBat.ABDTHEBAT ABD ,,,U5LDAP#1 ABD ,,,V5`LDAP#2 ABD ,,,H`LDAP#3 ABD ,,,H`LDAP#4 ABD ,,,H`LDAP#5 ABD ,,,l"`LDAP#6 ABD ,,,`LDAP#7 ABD ,,,`LDAP#8 ABD ,,,`ARootCA.ABDROOTCA ABD ,,,hAIntermCA.ABDINTERMCAABD ,,,`ADDRBOOKINI ,,ө,JiAaA ,,,ATulioTULIO v,,,PGP INI I,,,GROUPS CFG TѦ,,ө,KBtesTulio-efdeporTULIO-~1 ,,,1ATulio*-YahooTULIO-~2 c,,,test.tmpEST TMP ,,,